Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

José Egídio Álvares de Almeida, marquês de Santo Amaro

Publicado: Quinta, 23 de Julho de 2020, 10h06 | Última atualização em Sexta, 31 de Julho de 2020, 12h41 | Acessos: 125

Nasceu em Santo Amaro, Bahia, em 1º de setembro de 1767. De família proeminente, era filho de Antônia de Freitas e de José Álvares Pinto de Almeida, fidalgo cavaleiro da Casa Real e capitão-mor das Ordenanças da Bahia. Estudou direito na Universidade de Coimbra e iniciou uma destacada carreira na administração portuguesa, tendo sido oficial da Fazenda, funcionário do Conselho Ultramarino e secretário do gabinete de d. João VI. Acompanhou a família real ao Brasil, onde assumiu diversos cargos: provedor da Alfândega da Bahia (1808), fidalgo cavaleiro da Casa Real (1811), gentil homem da Câmara do Príncipe, conselheiro do Erário Régio e membro do Conselho da Fazenda (1818). Integrou a comissão encarregada de organizar a sagração de d. Pedro I, tendo sido o mestre de cerimônias da coroação do imperador. Proclamada a independência, presidiu a Assembleia Geral Constituinte como deputado pelo Rio de Janeiro, dissolvida por d. Pedro I em 12 de novembro de 1823. Fez parte do Conselho de Estado formado por d. Pedro (1823), encarregado da elaboração da Constituição, outorgada pelo imperador em 1824. Foi ministro e secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros (1825-1826) e um dos negociadores, junto de Francisco Vilela Barbosa e Luís José de Carvalho e Melo, do tratado de reconhecimento da independência brasileira por Portugal (1826). Senador pelo Rio de Janeiro (1826-1832), foi o primeiro presidente do Senado Imperial (1826-1827). Recebeu o título de barão de Santo Amaro (1818), visconde (1825) e marquês (1826). Dignitário da Ordem Imperial do Cruzeiro (1824) e cavaleiro de Honra e Devoção da Ordem de Malta. Morreu no Rio de Janeiro, em 12 de agosto de 1832.

Daniela Hoffbauer
Jul. 2018

 

Bibliografia

LONDRES, Rodrigo. Marquês de Santo Amaro (José Egídio Álvares de Almeida). In: ERMAKOFF, George (org.). Dicionário Biográfico Ilustrado de Personalidades da História do Brasil. Rio de Janeiro: G. Ermakoff Casa Editorial, 2012.

OLIVEIRA, Eduardo Romero de. O império da lei: ensaio sobre o cerimonial de sagração de d. Pedro I (1822). Disponível em: <https://goo.gl/hSdtpb>. Acesso em: 22 ago. 2018.

SLEMIAN, Andréa. Entre a corte e a revolução: a atuação de um “negociante” na América sede do Império português. Disponível em: <https://goo.gl/X7PWGW>. Acesso em 30 jul. 2018.

Fim do conteúdo da página